segunda-feira

Cristiano Ronaldo Eleito Melhor Jogador do Mundo




Cristiano Ronaldo é o novo detentor da Bola de Ouro! O internacional português do Real Madrid foi eleito o melhor jogador do Mundo em 2013, superando a concorrência de Lionel Messi e Franck Ribéry na corrida ao prémio atribuído conjuntamente pela revista France Football e pela FIFA desde 2010.

Cinco anos depois de ter sido distinguido com a Bola de Ouro como jogador do Manchester United – arrecadou também a Bota de Ouro graças aos 31 golos que apontou na Liga inglesa –, CR7 torna-se o primeiro português a subir ao ´trono` do futebol mundial pela segunda vez na carreira.

Eusébio da Silva Ferreira, em 1965, e Luís Figo, em 2000, foram os outros futebolistas lusos a inscrever os seus nomes na galeria dos melhores do Mundo.

Os números

Cristiano Ronaldo terminou o ano de 2013 com o impressionante registo de 69 golos marcados: 59 pelo Real Madrid e dez ao serviço da Seleção Nacional.

A caminhada histórica do madeirense começou a ganhar forma a 6 de janeiro, com um ´bis` na vitória do Real Madrid frente à Real Sociedad, por 4-3. O último das quase sete dezenas de golos com a chancela de CR7 foi apontado a 22 de dezembro, no triunfo merengue diante do Valência, por 3-2, no Estádio Mestalla.

Por Portugal ganham especial relevo os quatro golos apontados por Cristiano Ronaldo no ´play-off` de apuramento para o Campeonato do Mundo com a Suécia.

O capitão da equipa das Quinas começou por garantir a vitória pela margem mínima no Estádio da Luz, assinando depois portentosa exibição no segundo jogo, coroada com os três golos do triunfo luso (3-2) em Estocolmo.
Foi em lágrimas e com a voz embargada pela emoção que Cristiano Ronaldo agradeceu o prémio de melhor jogador do Mundo.

«Não há palavras para descrever este momento. Obrigado a todos os meus companheiros do Real Madrid, da Seleção e toda a minha família aqui presente. É um orgulho enorme. Quem me conhece sabe o sacrifício que foi ganhar esta Bola de Ouro», afirmou o internacional português no palco do Palácio dos Congressos, em Zurique.

«Quero agradecer ao meu empresário [Jorge Mendes], ao meu presidente [Florentino Pérez], e a todos os presentes», prosseguiu CR7, visivelmente emocionado. Na plateia, também a mãe do jogador e a namorada não evitaram as lágrimas de felicidade.

No momento da consagração, Cristiano Ronaldo recordou dois nomes em particular: Eusébio da Silva Ferreira e Nélson Mandela, duas figuras que deixaram marca indelével na carreira do jogador.

«Foram duas pessoas importantes para mim», destacou, sem esquecer a namorada, Irina Shayk, a mãe, Dolores Aveiro, e o filho, Cristiano Júnior, que não resistiu à tentação de correr atrás do pai para com ele partilhar o emotivo momento.

«É a primeira vez que vê o pai ganhar a Bola de Ouro», assinalou CR7.

«Peço desculpa se me esqueci de alguém. É um momento muito emocionante para mim. Não consigo falar. Obrigado a todos», terminou o melhor jogador do Mundo.

0 comentários: